Antonio Marcos: Deixamos Casimiro de Abreu com 62 milhões em convênios ativos para ações de melhorias em prol da população.

O ex-prefeito do município e Casimiro de Abreu,cidade do interior do estado do Rio de Janeiro, concedeu entrevista a imprensa local na última semana.

Antonio Marcos falou sobre como esta sua vida, um ano longe da maquina pública, depois de 12 anos com mandatos eleitorais sendo:  4 anos como vereador e 8 anos como prefeito Municipal, aproveitando o momento para curtir os  filhos,  que praticamente não viu crescer e vivendo a  experiência de ser pai novamente, dos habito de plantar e cultivar seus próprios alimentos.

Antonio Marcos falou  sobre a impopularidade de algumas medidas tomadas pelo governo para enfrentar a crise que atingiu o Estado e o Pais no ultimo ano do seu mandado. Segundo ele, não deve existir um município que não tenha encerrado o ano com déficit. Havia uma previsão, feita pela Agência Nacional do Petróleo,  de uma arrecadação de 28 milhões para Casimiro de Abreu que acabou sendo frustrada.

O Ex -prefeito também frisou que a divida deixada não foi de  65 milhões. Isso é mentira! O déficit é algo em torno de 17 ou 18 milhões. Mesmo com o erro na previsão da ANP, com as medidas tomadas por nossa administração, conseguimos ainda economizar milhões. Se a previsão da ANP se concretizasse, fecharíamos o ano com um superávit de 10 milhões.

Durante a entrevista Antonio, relembrou as obras realizadas  durante seus dois mandatos e  enumerou várias ações que deixou para a atual gestão inaugurar, como: a praça do bairro Santa Irene, um posto de saúde atrás da prefeitura na sede do município, creche no bairro São Sebastião e a urbanização do bairro São João no distrito de Barra. Segundo Antonio, além disso, deixou 62 milhões em convênios ativos com todas as certidões em dia até julho de 2017 para a atual gestão não perder os convênios.

Sobre a atual gestão, o prefeito diz que faria menos festas. Tem gente desempregada,  gente sem ter o que comer  e o município segue gastando em festas. Eu me preocuparia em gerar renda e emprego, em resolver os problemas pontuais. Na nossa época, fizemos todas as festas do calendário do município, a situação financeira era outra,mais também não deixamos de prestar  os  serviços essências e de  dar continuidade as obras de construção de creches,escolas e pavimentações de varias ruas, da valorização  do servidor publico e também nos preocupamos com a geração de renda .

Um ponto importante a destacar é que durante os 8 anos em que fui prefeito, o Transporte Universitário funcionou por 7 anos e 10 meses para diversas faculdades em inúmeros municípios. Além disso, modernizamos toda a frota de ônibus, com veículos com ar-condicionado e banheiro. Infelizmente, nos dois últimos meses precisamos suspender o serviço. No entanto, para o orçamento de 2017, nós deixamos quase 500 mil reais para o atual governo iniciar o ano já com o Transporte Universitário funcionando, mas, esse valor foi remanejado pelo atual prefeito.

Sempre visto como um  gestor de pulso forte e por sempre falar o que pensa, diferente de outros políticos que fazem a cena de tapinha nos ombros, Antonio aproveitou a oportunidade e disparou para o legislativo municipal:  “o  Presidente, é o responsável por dar  ritmo aos trabalhos. Assim como o Prefeito, o presidente de uma câmara deve ser um exemplo para os demais vereadores. E eu, não posso falar que o atual Presidente da Câmara é um espelho a ser seguido.

Finalizando a entrevista Antonio falou  sobre 2020: “ Com toda a sinceridade, eu não penso nisso hoje. Até 2020 tem muito tempo.

Voltei para meu cargo de fiscal do município, onde sou concursado a mais de 30 anos. Tive convites para trabalhar fora de Casimiro mas, optei por ficar mais perto da minha família e meus amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *