Estudantes de Casimiro de Abreu e Rio das Ostras reclamam da falta de transporte universitário

Universitários de Casimiro de Abreu e Rio das Ostras, reclamam dos gastos de aproximadamente R$30,00 (trinta reais) diários, com transporte, para conseguir estudar. Os alunos não encontraram outra saída sendo obrigados a trancar a matricula da faculdade.
Logo após a divulgação, através dos sites das Prefeituras dos Municípios de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, de que teriam que cortar gastos com transporte universitário, por falta de verba, os alunos tentam fretar ônibus e vans para se deslocarem para as universidades. Sendo essa, a forma menos custosa para alguns universitários conseguirem manter seus estudos.
Essa alternativa foi possível apenas para alguns estudantes, pois, a maioria não tem como arcar com a despesa de transporte e da mensalidade da Universidade, sendo obrigados a trancar suas matriculas,
“Está todo mundo desesperado, só Deus sabe como está difícil manter a faculdade” diz Carol estudante e moradora de Rio das Ostras.
Em decorrência da crise que o país esta enfrentando, muitos estão desempregados, o que inviabiliza o custeio de todos essas despesas.
De acordo com o relato de alguns alunos as prefeituras informaram que não é obrigação do município oferecer o transporte coletivo aos universitários.
Entramos em contato com as prefeituras para saber se o serviço foi encerrado permanentemente ou se há previsão para o retorno, mas até então, não recebemos nenhuma resposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *