Manifestantes protestam pedindo melhorias na rodovia em Casimiro de Abreu

Manifestantes fecharam um trecho da BR-101, em Casimiro de Abreu, no interior do Rio de Janeiro, com pneus, galhos queimados, nesta manhã de quarta-feira, dia 6. De acordo com alguns moradores presentes no local, os manifestantes estavam reivindicando a construção de um viaduto para o retorno no Professor Souza e melhorias na rodovia.

Moradores informaram também que a manifestação começou por volta das 4 horas da manhã, e todos que moram na área de Professor Souza, não conseguiram realizar suas tarefas.


De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, pelo menos 100 pessoas participam do protesto.

Segundo a concessionária que administra a rodovia, Autopista Fluminense, ambos os sentidos da rodovia, na altura do km 197, estavam bloqueados. Houve lentidão do km 201 ao km 197, no sentido Espírito Santo, e do km 195 ao km 197, no sentido Niterói.

Em nota, a Autopista Fluminense informou que “está em andamento a construção de uma passarela de pedestres no km 197,5, com previsão de término em até quatro meses. Sobre o viaduto na região, a concessionária informa que os dispositivos do km 194 e do km 190 já estão em funcionamento”.

As pistas foram liberadas por volta das 10h15 da manhã, a manifestação durou cerca de 6 horas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *