Vacinação contra Febre Amarela movimenta postos em Rio das Ostras

Começou tranquila, na sexta, dia 17, a campanha de vacinação contra febre amarela em Rio das Ostras. A Secretaria de Saúde contou com apoio da Guarda Municipal na organização das filas. Até as 17h, a Prefeitura já havia registrado 3.451 doses, que foram aplicadas em moradores que buscaram os postos de Mar do Norte, Cantagalo, Rocha Leão, Recanto e Cidade Praiana, localidades consideradas prioritárias pela proximidade com áreas rural e de floresta. A vacinação continua no sábado e domingo, dias 18 e 19, de 8h às 17h, em todos os postos de saúde, além da Unidade Nilson Marins (Coga), em Cidade Beira Mar, e na Clínica da Família, no Âncora. A campanha segue nesses pontos durante a semana.

O prefeito Carlos Augusto e a secretária de Saúde, Rosimeri Azevedo, acompanharam o primeiro dia de vacinação, percorrendo os locais de imunização.

“Não há motivo para pânico; a Secretaria de Estado de Saúde garantiu as doses e que todos os moradores de Rio das Ostras que precisam tomar a vacina serão imunizados. A campanha foi planejada e a equipe de saúde treinada para que tudo aconteça dentro da normalidade”, afirmou o prefeito.

“O atendimento foi rápido e a equipe, educada”, elogiou a moradora de Mar do Norte, Flávia Santos, que levou sua filha de 8 anos, com síndrome da Down até o posto de saúde da localidade para receber a dose da vacina.

Luciana Simões foi até o posto de saúde de Rocha Leão com toda a família, marido e quatro filhos. “Viemos assim que a gente ouviu na rádio que haveria vacinação aqui em Rocha Leão. É importante se prevenir contra a febre amarela”, disse a moradora.

VOLUNTÁRIOS – A Secretaria de Saúde está contando com apoio de profissionais de saúde voluntários na campanha contra a febre amarela. A enfermeira Angela Mirchelle é um desses técnicos que estão apoiando o trabalho da Prefeitura. “Este é um momento em que temos que atuar unidos para prevenir a doença”, defende Angela.

Só na sexta-feira, cerca de 150 profissionais da Secretaria de Saúde trabalharam na imunização. A secretária de Saúde, Rosimeri Azevedo, explica que a vacinação vai continuar nos postos durante a semana e que, se necessário, novas estratégias serão postas em prática.

“Nosso objetivo é vacinar todos os moradores que estão dentro do público-alvo da campanha. Além da vacinação nas unidades de saúde, vamos avaliar a necessidade de atuar em outras frentes para garantir essa cobertura vacinal. Não há motivo para que os moradores fiquem preocupados”, disse Rosimeri Azevedo.

Como parte da estratégia, a Defesa Civil de Rio das Ostras e a Emater estão fazendo a busca ativa de moradores que residem em zona rural e nas áreas de matas, transportando essas pessoas até os pontos de vacinação para se imunizar contra a doença.

Neste sábado, dia 18, e domingo, 19, de 8h às 17h, serão 16 pontos de vacinação abertos. Durante a semana, os postos seguem oferecendo as doses até que todos os moradores que estão dentro do público-alvo da campanha sejam imunizados.

Devem se vacinar todas as pessoas que estão dentro do público-alvo da campanha: pessoas de 9 meses até 60 anos .

Não devem ser vacinadas as gestantes e mulheres que estão amamentando. Também não devem receber a dose pessoas com imunodeficiência (como, por exemplo, pacientes com câncer ou HIV).

A Secretaria de Estado de Saúde destacou que não precisa se vacinar quem já se imunizou contra a doença nos últimos 10 anos. Também orienta os doadores de sangue a optar por fazer a doação antes de tomar a vacina, uma vez que a doação só pode ser feita pelo menos 30 dias depois da imunização.

Para receber a vacina, os menores de idade têm que levar a caderneta de vacinação. Os maiores de idade precisam apresentar um documento de identificação com foto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *